Pilates para Gestantes

 
 

Principais benefícios:

  • Melhora a postura e fortalece a coluna, diminuindo as dores;
  • Fortalece os músculos abdominais e o assoalho pélvico;
  • Melhora a circulação, aumentando a oxigenação do sangue;
  • Melhora a condição física, facilitando o parto e acelerando a recuperação no pós-parto.

Para gestantes, oferecemos uma maior plasticidade dos nossos planos tradicionais. Caso haja a necessidade de um plano ser interrompido pelo parto, as aulas restantes podem ser reagendadas para um período posterior sem data definida, propiciando maior conforto para a mamãe.

Além disso, oferecemos pacotes de Pilates e Sessões de Fisioterapia de preparação para o Parto Normal, o que pode propiciar uma gravidez e parto mais saudáveis, com a vantagem de se ter uma recuperação muito mais rápida e eficiente.

O Pilates para Pós-Parto, além de ajudar na recuperação, ainda ajuda a mamãe a se fortalecer para carregar o seu bebê, aliviando e evitando dores nas costas e outros problemas derivados de postura.

Pilates-para-gestante0

Durante a gravidez, uma série de mudanças chegam rapidamente e podem causar uma série de desconfortos e dores.

O Pilates para gestantes ajuda bastante a aliviar as dores,trazendo equilíbrio e conforto para a mulher.

Não se pode afirmar que uma mulher ativa terá com certeza um parto normal, mas há uma grande chance de isso acontecer, em comparação com uma gestante sedentária.

Existem muitas atividades indicadas durante esse período, cada uma com a sua restrição. O Pilates para gestante é uma excelente escolha já que trabalha de uma maneira global tanto o fortalecimento, como o alongamento. Além de utilizar a respiração durante todos os exercícios, o que facilita a oxigenação do bebê e a conexão da mulher com as transformações do seu corpo.

Os exercícios de Pilates para gestante são adaptados para cada trimestre e para a condição física de cada mulher, além de serem executados de forma lenta e controlados para que não haja risco nenhum tanto para a mulher quanto para o seu bebê.

Pregnant woman excercises with gymnastic ball

Se a gestante ainda não pratica Pilates, o ideal é aguardar o primeiro trimestre (ou a liberação do médico responsável).

Existem alguns exercícios de Pilates que não são indicados para as gestantes, por este motivo é recomendável que as sessões sejam acompanhadas atentamente por um profissional capacitado que saberá que tipo de exercícios serão mais benéficos e menos arriscados para cada fase gestacional.

O ideal é que no segundo trimestre o Pilates seja praticado em uma frequência de duas vezes por semana, e durante o terceiro a prática seja intercalada por sessões de Fisioterapia Pélvica para Gestantes.

A gestante pode praticar o método tranquilamente até o momento em que se sinta confortável, mas o que vai definir a hora de parar é o tamanho e o peso da barriga, ou ainda alguma intercorrência mais grave (neste caso o obstetra responsável indicará diminuição/parada das atividades físicas ou repouso).